Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Mansidão’

Força Guerreiro, Coragem...

Força Guerreiro, Coragem...

Como ser manso? Essa é uma pergunta prática somente questionada por uma alma que quer ser mansa de verdade, não importe o preço, ser não for essa a sua busca não continue a ler…

Que bom que está lendo, isso é um bom sinal. Pois bem, uma das coisas que nos impedem de ser mansos é o sentimento de Ira, raiva, cólera, que nos envolve nos momentos de conversa principalmente. Um irmão vem e fala algo que não te ofende que não tem nada a ver com o que queria dizer, ou seja, coisas que acabam te irritando. Nesse momento que a mansidão que o Senhor nos ensinou vai para o espaço, fica-se nervosos de verdade mesmo não falando nada, você quer ‘acabar’ com ele ou com aquilo, então isso meu caro vai te atrapalhar muito, saiba orientar essa sua Ira para Deus, Ira para Deus? Sim, existe uma Ira boa, e ela é quando nos viramos essa raiva contra o pecado, os demônios e a maldade.

Existe uma Ira que vem de Deus! Jesus mesmo na palavra dá um bom exemplo da Ira boa, “E, entrando no templo, começou a expulsar todos os que nele vendiam e compravam, Dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração; mas vós fizestes dela covil de salteadores” (Lc 19, 45-46). Jesus pecou naquele momento de Ira? Não, ele estava furioso com o pecado deles, e não com as pessoas. Como todo o pecado é a uma corrupção da verdade; a Ira contra o irmão é errada, e te causa uma irritação profunda, nos assemelhando ao Diabo que é um Ser Irado. O que fazer? Oriente toda a sua Ira para Deus, para o pecado e nunca para o irmão, isso será um santo remédio para a cura da sua Ira, e outra coisa toda vez que você fica nervoso, bravo, irritado, a culpa é sua, e o pecado também é seu, independente se você tem razão ou não, se é vítima ou não, se é justo ou não. Fico Irado contra o irmão, pecou.

Tenha coragem de enfrentar essa realidade soldado, pois o inimigo te passa a perna aí. ‘Manso Combatente’, entendeu o título desse artigo? Ser manso é algo que existe força, coragem e muita paciência e quem sabe uma disciplina. E peça a Deus a graça de ficar queto na hora da raiva. E se calar, cale-se não com ódio no coração, faça como Jesus, aprenda como Ele, a ser manso: E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes.(Lc 23,34).

Importante em ser misericordioso com o irmão que está te aborrecendo porque quem sai perdendo é você, pois quem peca já está perdendo, saiba disso. Vamos nos lançar na mão de Deus, tenha coragem amado de ser Manso Irado e Combatente.

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra. (Mt 5,5)

Anúncios

Read Full Post »

Mansidão

“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas”. (Mt 11,29)

A única coisa que Jesus pediu explicitamente que se aprenda dele é a sua mansidão e humildade. Primeiramente, vamos saber o que é ser manso? É ser calmo e tranqüilo? Pensar antes de agir? Não brigar? É não saber dizer não? Parecer um tonto?

“Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado.” (Gal 6,1)

Amado veja essa passagem, ela demonstra o sentido verdadeiro da mansidão que é o autocontrole, a necessidade de ser uma pessoa que busca a concórdia, pois quando somos ‘surpreendidos nalguma ofensa’ agimos com um espírito de divisão, discórdia e claro sem controle sobre si, deixando a tentação nos guiar, mas Jesus nos pedi: ‘encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado.’

“Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz”. (Ef 4,2-3). Essa passagem é presente a todo o momento no cotidiano de todos os seres humanos, pois quantas vezes temos que ‘suportar os outros com amor’, e veja o amor aqui não é sentimento, e sim ação; temos que nos libertar no pensamento romântico que temos em relação ao amor de Deus por nós e o nosso amor para com Ele e com os irmãos, não por chatice, mas por necessidade, para que a nossa mansidão seja verdadeira, e não guiada pelos sentimentos que são passageiros e inconstantes.

Ser manso é viver com o pé no chão, sabe que é difícil. E tem noção de que as soluções que provém da mansidão são certeiras e eficazes.

“E rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas. E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor; Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade, E tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos”. (2Tm 2,23-26).

Read Full Post »