Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Lillian Gonsalez’ Category

“Até quando Senhor me esquecerás para sempre?

Até quando me ocultarás o teu rosto?

Até quando na minha alma experimentarei aflições, tristeza no coração a toda hora?

Até quando de mim triunfará o inimigo?” (Salmo 13, 2 – 3)

 

Quantas vezes já fizemos estas perguntas a Deus, quantas vezes nos sentimos esquecidos por Deus e derrotados pelo inimigo.

O rosto de Deus, sombra que se esconde, vulto que não se vê. O amor de Deus, amor expontâneo, penetrante, incondicional.

Os nossos defeitos, tantos que não conseguimos nos desvenciliar deles.

Essa trama de dor e alegria, desespero e armonia.

O ritmo da vida, o tocar das trombetas, o poder, o ódio, a compaixão.

Tudo se mistura num mundo que não entendemos direito, onde procuramos algo difícil de encontrar, uma luta que não tem fim.

Tem dias de alegria, o alívio, a consolação, tem dias de tristeza, a dor a aflição.

E nesse vai e vem das coisas, surge na boca do poeta o desejo do fim, a vontade de não mais lutar.

E a verdade é que o fim não pertence a nossa decisão. E já não fazemos jus de decidir por nós mesmos.

Palavras jogadas, pensamentos confusos, dia e noite, correria, mansidão.

Assim é a vida, mas até quando Senhor triunfará o inimigo?

Até quando seremos derrotados pelo inimigo?

Um passo estamos em Deus, outro passo no inimigo.

Mudamos tanto, ah meu Deus como eu gostaria de ser mais estável, controlar mais o humor, e nunca dar ouvidos a aquele que lhe é contrário.

Sou artista meu Deus, mas também sou mediocre.

Na minha mediocridade não consigo caminhar e na minha arte vou tão longe que não consigo alcançar.

Palavras jogadas, pensamentos confusos e um Deus que nunca desiste de insistir, um Deus que acredita, que apoia, que empurra pra frente, que perdoa.

Ah meu Deus como eu te amo.

Mas o que é o amor? As vezes penso que nem mesmo sei amar.

Amar arte de Deus, o divino encarnado na pobreza humana.

Amor que faz caminhar, sonho que me faz viver.

Meu Deus, Deus meu faz de mim pessoa menos errante, mais reta e menos confusa. Dai-me a certeza absoluta que estou contigo e que em ti sou forte e posso seguir.

Mostra-me, Senhor, que estou no caminho certo, faz-me acreditar, e crendo trabalhar, e trabalhando te servir, e ser assim tua, somente tua e de ninguém mais.

 

“Olha, responde-me, Senhor, meu Deus, conserva a luz a meus olhos, para que eu não durma o sono da morte, para que meu inimigo não possa dizer: “Eu o venci!” e exultem meus adversários se eu vacilar.

Mas eu confiei na tua misericórdia. Alegre-se meu coração na tua salvação e cante o Senhor, pelo bem que me fez.” (Salmo 13, 4- 6)

Read Full Post »

1o mandamento: “Amar a Deus sobre todas as coisas”: clique em ferramentas, opções e comece colocando algum site católico como página inicial do seu browser.

2o mandamento: “Não tomar Seu Santo Nome em vão”: Se você não é autorizado pela Igreja, não fale como se possuísse a verdade eterna. Não poste em seu BLOG a SUA verdade como se fosse a verdade oficial da Igreja. pode confundir os irmãos.

3o mandamento: “Guardar os domingos e festas”: Saia do quarto, da frente deste computador e vá na missa, no grupo de oração, na reunião de pastoral. A vida não se resume ao virtual. Viva a vida real.

4o mandamento: “Honrar pai e mãe”: Será que lá na sala não estão pessoas que esperam sua presença. Coragem: clique em iniciar, desligar o computador (não coloque apenas em modo de hibernação, pensando em voltar logo). Dê atenção aos seus pais, mesmo que eles não entendam nada de computador e não tenham a mínima noção do que é BLOG, ou CHAT.

5o mandamento: “Não matar”: fuja dos joguinhos eletrônicos que fazem da morte e da violência um divertimento macabro.

6o mandamento: “Não pecar contra a castidade”: Nunca visite sites pornográficos nem mantenha conversas dúbias em chats. Se já fez isso, formate sua máquina e comece do zero. Por Hoje Não. Outra coisa: formate seu coração com uma boa confissão.

7o mandamento: “Não furtar”: não roube senhas, não fique bisbilhotando a vida dos outros, não seja um rato de computador que utiliza o conhecimento para o mal. Não procure comprar coisas sem pagar ou tirar vantagemns virtuais.

8o mandamento: “Não levantar falso testemunho”: Não minta. A mentira virtual é tão pecaminosa quanto a mentira real. Não brinque de ser grande, loiro de olhos azuis se você é pequeno, e tem olhos e cabelos castanhos. Diga a verdade. Seja autêntico na NET. Vale a pena.

9o mandamento: “Não desejar a mulher do próximo” : Traição virtual é um dos grande pecados de hoje. Fuja desta brincadeira. Muitas famílias estão sendo destruídas assim. Não é porque a pessoas está distante e é desconhecida que a coisa é menos grave. É pecado mortal, pois mata famílias. É adultério.
10o mandamento: “Não cobiçar as coisas alheias”: Vemos tantas coisas na Net. Nem sempre temos tudo aquilo. Cuidado com o consumismo: mais um pendrive, mais um HD, outro micro, outro monitor… e assim vai. Tenha um micro bom. Mas não entre no círculo vicioso de querer trocar de micro a cada seis meses.

(Artigo Publicado no site da Canção Nova por Padre Joãozinho, scj.)

Read Full Post »

1. “O reino de Deus está dentro em vós”, diz o Senhor (Lc 17, 21).

Converte-te a Deus de todo o teu coração, deixa esse miserável mundo, e tua alma achará descanso.

Aprende a desprezar as coisas exteriores e dar-te às interiores, e vice versa como vem a ti o reino de Deus.

“Porque o reino de Deus é paz e alegria no Espírito Santo, o qual não se dá aos ímpios” (Rm 14, 17).

Se lhe preparares no teu interior digna morada, virá a ti Cristo, e te manifestará sua consolação.

Toda a sua glória e formosura está no interior da alma, e nela põe todas suas delícias.

Ele a visita amiúde, com ela fala brandamente, e tem agradável conversação; serve-lhe de agradável alívio em suas penas, enche-a de sua paz e contrai com ela inefável união.

2. Eia, pois, alma fiel, prepara teu coração a este Esposo, para que ele se digne de vir a ti e habitar contigo.

Porque Ele mesmo disse: “Se alguém me ama, guardará minha palavra, e viremos a ele, e faremos nele a nossa morada” (Jo 14, 23).

Dá, pois, entrada a Cristo, em tua alma e não consintas que outrem entre nela.

Se possuíres Cristo, Estarás rico e de nada mais necessitas. Ele te proverá de tudo e te sera fiel procurador, de sorte que não terás necessidade de esperar nos homens.

Os homens mudam-se depressa e faltam com facilidade; porém Jesus Cristo vive para sempre, e sua amizade permanence firme até o fim.

3. Não há que por muita confiança no homem frágil e mortal, ainda que te seja útil e bem querido, nem se há de tomar muita pena se alguma vez nos for contrário ou mostrar oposição.

Os que hoje estão contigo, amanhã estarão contra ti, porque os homens são volúveis como o vento.

Põe em Deus toda a tua confiança e seja ele o teu temor e a tua afeição: ele responderá por ti e fará o que for melhor.

“Não tens aqui morada permanente”: onde quer que estiveres, serás estranho se peregrino, e não terás nunca descanso se não estiveres intimamente unido com Cristo (Heb 13, 14).

Texto extraído do livro Imitação de Cristo – Pág. 128 à 130

Read Full Post »

Perseverança

Porque perseverar?

Quando você escolhe um caminho a seguir, e percebe que isto é bom, você quer permanecer nele, certo? Portanto quando você tem uma experiência com Deus vivo na sua vida você quer continuar a tê-la para sempre.

E como é possível continuar neste caminho de Deus? Para continuar caminhando com Deus precisamos vivê-lo diariamente, precisamos pedir a sua presença já ao amanhecer, e entregar nossas vidas a Ele ao pôr-do-sol.

É necessário clamar a Deus, orar, pedir a sua misericórdia.

Para viver Deus você precisa querer vivê-lo, você precisa lembrar-se Dele todo o tempo, e se entregar o dia todo.

A perseverança vem da vontade de permanecer em algo que é bom. Ninguém quer continuar a fazer algo do qual não gosta. E Deus é bom, você só precisa descobrir isso. Você precisa permitir que Ele mostre o que pode fazer por você.

Deus nunca desiste de você, e o Seu coração nunca deve desistir de procurar a Deus. No nosso coração existe um espaço que só Deus pode preencher, e é por isso que todos nós buscamos este algo que nem sempre sabemos o que é.

Esta sua busca, meu irmão, que você pode nomear de busca pela felicidade, busca de estabilidade financeira, busca de um amor, ou tantos outros títulos são atribuições que você dá a sua busca por Deus. É a vontade que você possui de preencher o espaço no seu coração reservado a Ele.

Não adianta você se inquietar e tentar ocupar o lugar que é de Deus com as coisas do mundo, porque isso nunca vai acontecer. Preencha o seu espaço com as coisas de Deus, “e tudo mais lhe será dado em acréscimo.”

Depois de uma experiência viva no amor de Deus você irá perseverar, e a sua perseverança se dará porque você conheceu e experimentou a fonte de todo o bem, e dela já não sairá mais.

 

 

 

 

Read Full Post »

Hoje dia 24 de maio de 2008, estava eu rezando e intercedendo pela vida do meu tio Irã da Silva.

As 7:45 da noite fui tomar banho e comecei a louvar o Senhor, pedindo sua presença Santa. Depois do sinal da cruz cantado, de umas duas músicas de louvor, “Me chamaste para caminhar na vida contigo”, e “Vem Espirito Santo”, comecei uma linda oração em forma de cantiga, Jesus colocava em meu coração para pendir consolação para o Irã que se encontrava muito triste.

Enquanto rezava cantando enchi a banheira de água e deitei, ficando bem quieta e imóvel ouvi Jesus me falar que Ele queria me levar num lugar, era o hospital onde estava o Irã.

Chegando lá vi alguns móveis de madeira escura, que não pude identificar muito bem, passamos por um caminho que levava ao quarto e entramos pela porta. Ao entrar vi o Irã sentado na cama, como se em cima do braço do corpo que estava deitado na cama. Jesus me disse que ali era o lugar mais longe que o Espírito dele poderia chegar de seu próprio corpo. Imaginei então como deve ser triste ficar aprisionado em uma situção como esta.

Falei com o Irã, ele estava muito triste, me abraçou e pediu pra que eu rezasse pra ele. Ouvi a voz dele bem como ela é, reconheci a voz. Ele disse que precisava ficar mais um pouco, que a família dele ainda precisa muito de ajuda e que ele foi induzido pelo inimigo para fazer o que ele fez e que ocasionou o derrame.

Decidi então olhar a sua cabeça, como o corpo estava deitado e não havia nenhum geito de movê-lo, decidi entrar de baixo da maca e olhar como estava sua cabeça. Jesus que estava do meu lado o tempo todo ficou um pouco mais na frente do Irã enquanto eu me abaixava e pediu pra ele se deitar e ficar tranquilo. O espírito do Irã se deitou e eu chamei Jesus para me ajudar, Ele veio e ficou do meu lado esquerdo, perguntei porque Ele não fazia, já que eu não sabia o que fazer, mas Ele me disse que precisava de mim. Neste instante lembrei de Santa Ambrosia, a Santa que precisa de um milagre de uma pessoa viva para ser canonizada, chamei ela também, e a vi chegar imediatamente do meu lado direito. Comecei a olhar a cabeça e ver o problema, sabendo da dificuldade lembrei de Maria e chamei ela, ela veio e ficou logo atrás de mim.

Santa Ambrosia, que estava do meu lado direito falava no meu ouvido, mas era como se eu não escutasse, sabia que ela falava, mas não ouvia. Ouvi só no início que ela disse que era eu que ia operar o milagre e ela só iria ficar do meu lado. Comei a apalpar a veia que estava inchada, pois enquanto chamava por ajuda eu estava olhando o problema.

Percebi que a veia vinha da cabeça, do meio da cabeça na frente, e decia fazendo uma curva e passando bem num cano principal do oraganismo, um cano que desce pelas costas, e que não é muito mais grosso que a veia. No encontro entre a veia e o cano havia um inchasso. Esse inchasso formava um retângulo, um pouco mais fino na parte inferior e mais grosso na parte superior, e todo arrendondado nas pontas.

Decidi então massagear a veia que apertava o cano dos dois lados. Primeiro na parte inferior direita, massagiei até que voltasse ao normal, e depois na parte inferior esquerda massageei até que voltasse ao normal. Depois na parte superior direita, massageei até que voltasse ao normal e depois na parte superior esquerda. Então a veia voltou ao normal, ficou fina como uma veia é, eu descolei ela do cano principal pra ter certeza que elas não estavam mais se apertando.

Enquanto fazia isso, Santa Ambrosia começou a falar muito comigo, ouvi algumas coisas, mas não me lembro o que era, como eu comecei a me distrair preferi parar de ouví-la, ou Jesus fez com que eu não ouvisse mais, não sei. Mas lembro que Santa Ambrosia me olhava o tempo todo, era como se olhasse pra mim e conversasse com Jesus, já que ele estava bem ao meu lado.

Então precionei a veia pra ver se estava tudo certo e percebi que havia uma areiazinha dentro da veia, obstruindo a passagem do sangue, foi esse grãozinho de areia que ocasionou o derrame, comecei a massagear bastante, até que o sangue conseguiu levar a areiazinha, e Jesus me disse que ela sairia pela urina.

Saí então debaixo da mesa e fui dar outro abraço no Irã, mas antes de ir embora resolvi olhar de novo a sua cabeça pra ver como estava. Vi então que o inchasso continuava lá, como se nada tivesse acontecido. Pergutei pra Jesus porque e Ele me disse que agora era uma questão de tempo, até o corpo absorver a cura.

Acordei então de um estado de meditação profunda, onde não me mechi nem por um segundo, e até tenho a impressão que eu nem respirava. Saí da banheira as 8:20, logo depois de voltar a realidade.

E esta é a história de um milagre, que registro hoje para que quando acontecer todos saibam que foi verdade. Santa Ambrosia foi a intercessora, e Jesus Cristo o supervisor, Nossa Senhora assistiu o milagre, e o Irã foi curado pela misericórdia Divina, para que tenhamos fé e vida em abundância.

Read Full Post »

SEJA BEM VINDO

Você está sendo acolhido por nós com um caloroso abraço cheio do amor de Jesus e a intercessão de Maria.

Sinta-se envolvido no calor do Espírito Santo de Deus.

Read Full Post »